image1

O que causa queda de cabelo e como tratar?

A queda de cabelo parcial ou total é chamada de alopecia. A perda de cabelo ocorre gradualmente e pode acontecer de forma localizada ou generalizada. Em geral, todos nós perdemos cerca de 100 fios de cabelo por dia, sendo que o couro cabeludo contém cerca de 100.000 cabelos.


Quais as causas da queda de cabelo?

Hereditariedade

Homens e mulheres tendem a perder a espessura e a quantidade de cabelos com a idade. Este tipo de queda de cabelo geralmente não é causado por doença e está relacionado com envelhecimento, herança genética e alterações no hormônio testosterona.


A perda de cabelo hereditária ou padrão afeta muito mais homens do que mulheres. A calvície masculina pode acontecer a qualquer momento após a puberdade. Aos 70 anos, cerca de 80% dos homens mostram algum sinal de queda de cabelo.


Estresse físico ou emocional

O estresse físico ou emocional pode causar a queda de mais da metade do cabelo. Esse tipo de perda de cabelo é chamado eflúvio telógeno. O cabelo tende a cair em mechas ao lavar, pentear ou passar as mãos pelos cabelos.


Nesses casos, a queda de cabelos pode ocorrer depois de semanas ou meses do episódio de estresse. Depois disso, a perda de cabelo tende a diminuir durante 6 a 8 meses. O eflúvio telógeno geralmente é temporário, mas pode se tornar crônico.


As causas desse tipo de queda de cabelo incluem:

Febre alta ou infecção grave;

Parto;

Grandes cirurgias, doenças graves, sangramento súbito;

Estresse emocional intenso;

Dietas radicais, especialmente aquelas que não contêm proteínas suficientes;

Medicamentos (retinoides, pílulas anticoncepcionais, beta-bloqueadores, bloqueadores dos canais de cálcio, alguns antidepressivos e anti-inflamatórios).

Algumas mulheres entre 30 e 60 anos podem notar uma queda de cabelo que afeta todo o couro cabeludo. A perda de cabelo pode ser abundante no início e depois diminui ou cessa gradualmente. A causa desse tipo de eflúvio telógeno não é conhecida.


Outras causas de queda de cabelo

Outras causas de queda de cabelo, especialmente se a perda de cabelo seguir um padrão incomum, incluem:


Alopecia areata (áreas sem cabelos ou pelos que surgem no couro cabeludo, na barba, nas sobrancelhas, podendo ainda haver queda de cílios);

Anemia;

Doenças autoimunes, como lúpus;

Queimaduras;

Doenças infecciosas, como sífilis;

Excesso de lavagens do cabelo ou uso excessivo de secador;

Alterações hormonais;

Doenças da tireoide;

Puxar os cabelos continuamente ou esfregar o couro cabeludo;

Radioterapia;

Micose do couro cabeludo;

Tumor no ovário ou nas glândulas suprarrenais;

Penteados que aumentam muito a tensão nos folículos capilares;

Infecções bacterianas do couro cabeludo.


Qual é o tratamento para queda de cabelo?

A queda de cabelo causada por menopausa ou parto geralmente desaparece depois de 6 meses a 2 anos. A perda de cabelo devido a doença (como febre), radioterapia, uso de medicamentos ou outras causas, não necessita de tratamento. Nesses casos, o cabelo volta a crescer quando a doença cessar ou o tratamento terminar.


O uso de extensões, perucas ou mudanças de penteado podem ajudar a disfarçar a queda de cabelo. As perucas não devem ser suturadas (costuradas) no couro cabeludo devido ao risco de cicatrizes e infecções.


Podem ser indicados ainda medicamentos em forma de solução, como minoxidil, para serem aplicados no couro cabeludo e estimular o crescimento do cabelo. Outros medicamentos, como hormônios, podem ser prescritos para diminuir a perda de cabelo e promover o crescimento.


Para tratar a queda de cabelo em homens, podem ser utilizadas medicações como finasterida e dutasterida para diminuir a perda de cabelo e gerar novo crescimento capilar.


Se a queda de cabelo for causada pela deficiência de alguma vitamina, recomenda-se o uso de suplemento.


O transplante capilar também pode ser indicado em algumas situações de queda de cabelo.


O médico dermatologista é o especialista indicado para diagnosticar e tratar casos de perda de cabelo.